As vezes acaba ficando complicado encontrar novos discos que realmente te agradam. Uma coisa que eu faço, é sempre buscar as origens ou quem está perto dos artistas que eu já tenho um certo carinho. E foi assim que no canto esquerdo do show do John Mayer, lugar que durante muito tempo foi ocupado por David Ryan Harris, outro grande guitarrista e compositor que segue em carreira solo, apareceu um cara “estranho” mas com uma qualidade musical impressionante, seu nome é Zane Carney.

troca-o-disco-zane-carney3

Apesar de agora ser apenas mais uma peça dentro da turnê do Mayer, o guitarrista Zane tem uma carreira brilhante antes mesmo de aparecer por ali. Com apenas 12 anos de idade já encantava muitos pela cidade de Los Angeles, e após sua especialização na Thorton School Of Music, foi considerado o melhor guitarrista de New York e Los Angeles por Bono Vox, o líder do U2.

O que me chamou atenção nesse guitarrista foi como ele consegue traçar o virtuosismo de uma maneira limpa e harmoniosa em suas músicas, com destaque para o seu segundo trabalho solo, recém lançado chamado “Amalgam” que se trata de um disco instrumental com faixas que criam climas e sensações diferentes e apresenta um “sex appeal” forte entre os timbres criados. Outra coisa que conseguimos notar também ao ouvir é a sua linguagem e fluência dentro do gênero do Jazz, além de ambientações semelhantes a musicais no estilo “Moulin Rouge”, da onde Carney parece ter saído devido as suas vestimentas. Creio que a sua carreira apesar de ter começado cedo, esteja apenas no início e ainda iremos ouvir muito o seu nome, quem sabe, até em mesmo grau de fama que o próprio Mayer.

troca-o-disco-zane-carney2

Nós como musiqueiros de plantão devemos sempre buscar novas formas e maneiras de encontrar artistas e trabalhos de qualidade para nos encher a alma de alegria, por isso segue a dica de sempre olhar a banda que acompanha os seus artistas preferidos com mais amor, pois ali podem ter músicos incríveis assim como Zane Carney, a minha bolachada de hoje para vocês.

Um pouco da carreira de Carney:

Vídeo no qual John Mayer descobriu Zane.

Carney interpretando GiantSteps de John Coltrane, confirmando sua vertente jazz.

Zane cantando Cry Me A River.

John Mayer e Zane Carney improvisando em cima de Super Mario Bros.

Espero que tenham apreciado as músicas com grande apreço assim como eu, beijo no coração e tenham uma boa vida.

  • Olivia

    MARAVILHOSO!
    Zane tem um potencial incrível pra se tornar um músico muito reconhecido e respeitado. Talento ele tem de sobra. Só falta o mundo ver isso.
    Matéria excelente! 🙂

    • Bruno Hiago

      Concordo em gênero, número e grau, mas o tempo vai trazer isso com certeza.

Newsletter Troca o Disco
Receba novidades com antecedência em seu e-mail
Seu e-mail não será compartilhado.