Hoje trago para vocês um artista um tanto quanto estranho, mas um deleite para quem curte Rock Psicodélico. O som da vez é do esquizofrênico Flávio Basso, ou como a maioria conhece, Júpiter Maçã.

O Syd Barrett dos pampas é uma lenda do rock gaúcho, já integrou bandas clássicas do sul como TNT e Os Cascavelletes, ambas com um som rock n’ roll adolescente, na vibe dos Beatles e dos Stones. Porém o que trago-lhes é a carreira solo dele, um som hipnótico e deveras freak, mas que não deixa nada a desejar no quesito psicodelismo. Imaginem uma mistura maluca de Syd Barrett com Os Mutantes. É mais ou menos por aí.

Infelizmente como muitos músicos da velha guarda, as drogas estiveram presentes em seu percurso, fazendo com que a mente do singular Flávio Basso fosse de fato para Júpiter e nunca mais voltasse, portanto será muito pouco provável que tenhamos algum trabalho futuro do músico. Mas tenham calma, sua carreira é bastante robusta e tem diversas pérolas.

Um lugar do Caralho

Modern Love

Mademoiselle Marchand

  • Luiz Cecilio

    Júpiter está produzindo dois discos, um folk e um pop. No começo do ano fez um show acústico chamado “They’re All Beatniks”, tocou nos festivais Morrostock e Psicodália e já tem mais shows marcados. A mente singular dele continua funcionando bem, dê uma pesquisada!
    Abraço.

Newsletter Troca o Disco
Receba novidades com antecedência em seu e-mail
Seu e-mail não será compartilhado.