Esse incrível trio já bolachado anteriormente no Tdcast, chamou a atenção por suas versões de Free Jazz e Avant-garde de músicas das bandas Nirvana, Tears For Fears, ou até mesmo com a surpreendente adaptação, de Le sacre du Printemps, obra-prima orquestral de Igor Stravinsky.

Apesar do nítido entrosamento, os caras da The Bad Plus tem uma individualidade fortíssima na linguagem musical, cada um possuí um “sotaque” diferente na hora de tocar. A mistura disso, junto ao feeling, proporciona um experimento único na hora de ouvi-los. Basta escolher um de seus 10 álbuns lançados durante sua carreira, ou assistir o show no festival de Newport de 2006 logo abaixo.

Joshua and The Bad Plus do meu BrasilAtualmente o trio virou quarteto. O saxofonista Joshua Redman, 46 anos, filho do lendário Dewey Redman, participou da gravação do último disco (The Bad Plus Joshua Redman) e acompanha o trio em turnê. Com agenda lotada até o final de abril desse ano, infelizmente não teremos esse show aqui no Brasil, porém, quero deixar mais uma de suas apresentações, agora com Joshua, só para sentir como o quarteto está em forma.

Newsletter Troca o Disco
Receba novidades com antecedência em seu e-mail
Seu e-mail não será compartilhado.