Em tempos de streaming rendendo mais que o download pago, o Soundcloud não quer ficar de fora desse mercado e lançou o serviço Soundcloud Go para competir com Spotify, Apple Music e outros serviços do mesmo tipo.

A versão Go traz músicas das majors Warner, universal e Sony, além das bandas administradas pela agência Merlin, que gerencia mais de 20 mil selos independentes americanos. Ao assinar o valor mensal de US$9,99 (para os usuários de Android e de desktops) ou US$12,99 (para os usuários de dispositivos iOS), você poderá ouvir um extenso catálogo online ou off-line, sem anúncios. Por enquanto, o Soundcloud Go está funcionando apenas nos Estados Unidos, oferecendo os primeiros 30 dias de graça para avaliação, sem previsão anunciada para chegar em outros países.

O SoundCloud Go oferece músicas das majors como Warner, Universal e Sony

Considerada a maior plataforma de compartilhamento social de áudio do mundo, estava demorando para que o Soundcloud entrasse na jogada e passasse a usar toda sua expertise tecnológica para oferecer as músicas das grandes gravadoras, além dos sons que os independentes já hospedam por lá. “SoundCloud Go representa a nossa visão do futuro do streaming de música”, diz o fundador e CEO do Soundcloud, Alexander Ljung. “Para os fãs, uma plataforma para descobrir as últimas novidades, desfrutar de músicas lendárias e se conectar com seus artistas favoritos; para os membros da comunidade criativa, uma oportunidade de serem pagos pelo seu trabalho.”

Para os que temem que o acesso ao Soundcloud como um todo passará a ser exclusivamente pago, o serviço diz que não há o que temer: enquanto o Soundcloud Go oferece o conteúdo pago das grandes gravadoras, o Soundcloud como conhecemos continuará existindo normalmente. “Estamos sempre trabalhando em novas maneiras de abrir nossa plataforma e ferramentas de monetização para mais criadores e públicos – e isso não mudou”, informa o serviço em seu blog. “Suas faixas são suas. Você ainda tem controle sobre quem tem acesso a elas e como.”

Com o Soundcloud Go, você poderá ouvir as músicas offline e sem anúncios.

Todos querem uma fatia desse bolo chamado streaming, que provou recentemente ser bastante rentável, portanto, é até natural imaginar que uma plataforma como o Soundcloud, tão experiente nessa prática com áudios diversos, entre na jogada. A pergunta que não quer calar é: será que, com o Spotify consolidado e a Apple Music, que conta com o iTunes e a própria Apple para lhe dar reconhecimento, se segurando, será que o Soundcloud não chegou tarde demais? Ou apenas seu nome como plataforma social de streaming será suficiente para conquistar fãs?

Newsletter Troca o Disco
Receba novidades com antecedência em seu e-mail
Seu e-mail não será compartilhado.