O Brasil é mesmo um país fascinante: ao mesmo tempo em que mostra um lado triste, desigual e indignante, mostra uma face bela, autêntica e muito, muito diversa. Aqui é o lugar da mistura, onde não há espaço (ou não deveria) para purismos ou coisas do tipo. No campo da música isso se reflete de forma riquíssima: ao mesmo tempo em que somos bombardeados por enlatados vulgares, existe a música brasileira feita com amor, talento e propósito.

Em Salvador há uma conhecida família de talentosíssimos músicos, cujo nome mais conhecido ganhou o mainstream brasileiro no início dos anos 90, o lendário Luiz Caldas. Mas não é dele que falaremos hoje, e sim do seu sobrinho, Julio Caldas. Nascido em em 1978 em Ipiaú, cidadezinha do interior baiano, começou a aprender violão aos 11 anos e nunca mais largou. Hoje é um dos músicos mais ativos e respeitados da capital, se especializando em diversos instrumentos de corda, em especial a guitarra, a viola caipira e a lendária guitarra baiana.

Seu mais recente disco, Blues, Baiões e Psicodelia, terceiro solo da sua carreira, reflete justamente o espírito brasileiro da mistura: guitarras elétricas fundidas a temas rurais baianos, e o espírito blueseiro que, cada vez mais, encontra seu caminho no Brasil, fugindo dos lugares-comuns americanos e criando sua própria identidade. Gravado à moda antiga, com todos tocando ao mesmo tempo, sem overdubs, foi gravado em duas etapas: uma no Teatro SESC SENAC Pelourinho e outra em dois estúdios convencionais.

Todas as onze canções são autorais, com diversas parcerias. Algumas são regravações de projetos anteriores, como De Repente um Blues e Noel, lançadas anteriormente com sua ex-banda, Café com Blues. Este é um belo trabalho para se fugir do convencional e conhecer melhor o verdadeiro Brasil, aquele que não está nos principais canais de TV ou de rádio, principalmente por não trazer algum apelo ou fórmula de fácil assimilação. O álbum está disponível para streaming no Spotify e SoundCloud. Confira já.

Canal no YouTube

Facebook

Spotify

Newsletter Troca o Disco
Receba novidades com antecedência em seu e-mail
Seu e-mail não será compartilhado.