Esse post faz parte de uma série que mergulhará nossos ouvidos em uma nova experiência. A idéia aqui é mostrar instrumentos pouco conhecidos ou que foram praticamente esquecidos ao longo dos anos.

Há pouco conversamos com o nosso querido musicólogo, doutor, pesquisador, bilíngue e aspirante a Jedi Maurício Monteiro, que nos recebeu em sua casa para que gravássemos o tão lindo episódio #24 – Desmistificando a Figura do Maestro. Tivemos a honra e o prazer de ouvir e ver o Maurício tocar esse maravilhoso e curioso instrumento milenar na nossa frente.

Viola de roda - post

Há muito tempo atrás existia um instrumento parecido com a viola de roda que precisava ser tocado por duas pessoas por conta de seu tamanho. Atualmente existem diversas variações de modelo desse mesmo instrumento, mas que mecanicamente é construído da mesma maneira. No caso da viola de roda, é o único instrumento musical até hoje que utiliza-se de uma manivela para ser tocado. Essa manivela consequentamente gira uma roda dentro do instumento, provocando um atrito nas cordas seguindo o mesmo princípio e causando a mesma sensação de um arco de violino.

Utilizam-se três tipos de cordas na viola de roda. A primeira corda reproduz um zunido, por sinal muito característico desse instrumento. A segunda cuida da parte da melodia, e a terceira é tocada por meio de um teclado de madeira, e é afinada da mesma maneira de um piano.

Para saber mais sobre esse instrumento, clique aqui e aprenda com a mestre Caroline Phillips, uma musicista exemplar que manda muito nesse instrumento. Trata-se de uma aula incrível sobre viola de roda que está no famoso site TED. Vale o clique!

Newsletter Troca o Disco
Receba novidades com antecedência em seu e-mail
Seu e-mail não será compartilhado.