Luhli e Lucina são personagens da música brasileira que pouca gente conhece, mas compuseram várias canções que ficaram famosas na voz de outras pessoas, como Ney Matogrosso, Tetê Espíndola, Zélia Duncan e Nana Caymmi. São pioneiras da música independente e, por isso, não se tornaram figurinhas carimbadas na mídia mainstream.

Mas, felizmente, a música é bem maior que o que é exibido na TV e nas rádios, e a dupla se manteve ativa por anos a fio entre a década de 70 e 80. O documentário “Luhli & Lucina” traz imagens atuais, depoimentos e imagens de época, filmadas em 8mm por seu companheiro, o fotógrafo Luiz Fernando Borges da Fonseca.

Interessante saber que o conceito de crowdfunding já era utilizado pela dupla em 1980, quando a dupla, avessa às regras do mercado fonográfico, propuseram ao público uma campanha de financiamento coletivo para o lançamento de seu segundo disco, Yorimatã – Amor de Mulher. Veja o vídeo abaixo:

Agora, em plena era do crowdfunding, foi lançada uma campanha de distribuição do filme nos cinemas. Confira o vídeo explicativo:

Acesse a página da campanha de distribuição do filme nos cinemas (limite até 1º de maio de 2016).

Sinopse e ficha técnica:
Duas mulheres em meio ao movimento hippie dos anos 70 se unem pelo sonho de liberdade. Luhli e Lucina vivem em uma comunidade alternativa a experimentação musical radical e se tornam pioneiras no cenário independente brasileiro. Do violão aos tambores artesanais que elas mesmas constroem e tocam, dizem não às gravadoras e mergulham na criação artística e nas raízes afro-indígenas da umbanda. As duas vivem em trisal com o companheiro e fotógrafo Luiz Fernando Borges da Fonseca, que registra tudo em filmes super 8mm. O material unido a registros independentes de shows da dupla e a filmagens atuais, recriam o universo espírito-musical num filme sobre música, amor e liberdade.

Luhli
Lucina
Luiz Fernando Borges da Fonseca
Ney Matogrosso
Alzira E
Antonio Adolfo
O Bando
Décio Gioielli
Gilberto Gil
Grupo Manifesto
Itamar Assumpção
Joyce Moreno
Luis Carlos Sá
Mário Avellar
Ney Marques
Nilson Chaves
Secos & Molhados
Som Imaginário
Tania Scher
Tetê Espíndola
Zélia Duncan

argumento e direção: Rafael Saar
produção executiva: Daniela Santos, Eduardo Ades
direção de produção: Eduardo Cantarino
direção de fotografia e câmera: Lucas Barbi
pesquisa: Adil Lepri, Rafael Saar
desenho sonoro: Thiago Sobral
som direto: Eduardo Silva
mixagem: Jesse Marmo
animações: Daniel Sake
direção de arte: Luciano Caetano
montagem: Rafael Saar
montador-assistente: Leandro Calixto
empresas produtoras: Imagem-Tempo, Dilúvio Produções, Tela Brasilis
co-produção: Canal Brasil

Prêmios
Melhor Filme – Júri Oficial – In-Edit Brasil 2015
Melhor Filme – Voto do Público – In-Edit Brasil 2015
Prêmio de Pesquisa – Pirenópolis.doc 2015
Prêmio Delart – CineMúsica 2015
Menção Honrosa – Festival Mix Brasil 2015

Festivais
Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, 2014, Brasil
Semana dos Realizadores, 2014, Brasil
Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano de La Habana, 2014, Cuba
Mostra do Filme Livre, 2015, Brasil
In-Edit – 7 Festival Internacional do Documentário Musical, 2015, Brasil
Rio Festival Gay de Cinema, 2015, Brasil
Pirenópolis.Doc, 2015, Brasil
CineMúsica, 2015, Brasil
Festival MIMO, 2015, Brasil
Barcelona In-Edit Beefeater Festival, 2015, Espanha
For Rainbow – Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual, 2015, Brasil
XXX Festival del Cinema Latino Americano de Trieste, 2015, Itália
Primeiro Plano – Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades, 2015, Brasil
Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade, 2015, Brasil
Forumdoc.BH – Festival do Filme Documentário e Etnográfico, 2015, Brasil
MUVI Lisboa – Festival Internacional de Música no Cinema, 2015, Portugal
Close – Festival Nacional de Cinema da Diversidade Sexual, 2015, Brasil
FestCineAmazônia, 2015, Brasil
Festival de Cine y Documental In-Edit Nescafé, 2015, Chile
34˚ Oficina de Música de Curitiba, 2016, Brasil
6˚ Cinemavvenire Film Festival, 2016, Itália

Newsletter Troca o Disco
Receba novidades com antecedência em seu e-mail
Seu e-mail não será compartilhado.