Hoje venho falar de um dos meus artistas favoritos, Wander Wildner. O ex vocalista da banda punk, Os Replicantes, tem uma carreira solo fantástica para quem curte um pop/rock/punk/brega de qualidade. Infelizmente é um artista bastante underground, apesar de ser bem conhecido no Rio Grande do Sul e muitas vezes lembrado em alguns lugares como Santa Catarina e São Paulo.

Sua carreira solo começou em 1996, com o belíssimo “Baladas Sangrentas”, disco este que contém a maioria dos clássicos de Wander, e desde então nos brindou com mais sete álbuns, a maioria focado no Punk Brega, termo este criado para definir o exótico gênero musical do cantor.

Wildner traz a sonoridade simples e direta do Punk aliada ao romantismo e aos violões das melhores canções Bregas. Gosto tanto de seu trabalho que é absurdamente difícil listar apenas 3 de suas canções, mas farei pensando em alguém que não conhece nada de Wander, para instigar a ouvir o resto de seus discos.

PS: Tem um álbum novo saindo do forno, mas achei os últimos dois tão inferiores aos demais que não estou nem um pouco ansioso pelo seu lançamento. Espero que Wander se reencontre.

 

Newsletter Troca o Disco
Receba novidades com antecedência em seu e-mail
Seu e-mail não será compartilhado.