Saudações Musiqueiros de Plantão!

Esse final de semana rolou mais uma edição do One Drop Festival em São Paulo na Audio Club, um festival ainda em proporções pequenas porém com identidade e sonoridade já muito estabelecidas, uma mistura da cultura do Surf Music com Hip Hop. Nas edições anteriores já passaram pelo palco Donavon Frankenreitter, Slightly Stoopid, The Wailers, Katchafire, Alpha Blondy e …

E nesse início de ano de 2018 tivemos os australianos do The Beautiful Girls como headliners do evento, o que eu acho bem interessante, é que as bandas da terra dos cangurus vem ganhando grande relevância dentro dos festivais de todo mundo, como Sticky Fingers, Tame Impala, Chet Faker, Flume.

Com formação de power trio o The Beautiful Girls está na ativa desde 2001, e já vieram 4 vezes ao Brasil, mas vamos falar sobre o show…

Em um clima bem intimista devido a casa não estar completamente lotada a banda sobe ao palco e ainda faz alguns ajustes finais de passagem de som, como uma forma de piada com o público presente, e inicia a primeira música.

O show tem a sua dinâmica bem pautada pelo vocalista que alterna as músicas com uma pegada mais rock’n roll empunhando a sua “Telecaster” e as músicas de mais calmaria feitas no violão. Com certeza o primeiro momento mais esperado do show foi a música “Periscopes”, que levantou o coro no refrão, dando espaço para a banda interagir com mais facilidade e identificação com o público.

Os arranjos musicais do trio são de maneira bem simples e diretos ao ponto, mas conta especificamente com a habilidade do baterista em puxar os ritmos explorados como Folk, Rock, Reggae.

O que mais me chamou a atenção foram as “jam sessions” que acontecem entre uma música e outra e as vezes até para finalização das mesmas, a banda se sente solta para improvisação de ambos instrumentistas e carregando o público pelos ouvidos.

Em uma conversa com o baixista Paulie Bromley no fim do show ele ressaltou ser as “jams” a parte preferida da banda, onde eles não sabem o que vai acontecer e simplesmente se deixam levar pela energia do momento.

Outro diferencial do repertório do Beautiful Girls sãs as versões de outros artistas que eles inserem dentro das músicas autorais, como Bob Marley, The Police e Eric Clapton.

O grande momento do show foi a execução da música mais ouvida da banda no Spotify e creio ser seu maior hit “La Mar”, não seria uma boa escolha para a penúltima música do show por ser uma música lenta, mas os isqueiros, celulares e coro envolveram todo o ambiente, que nesse momento já estava satisfeito e com sensação de missão cumprida nesse show.

Para os que se interessarem pelo trabalho de ambos os artistas do festival deixo aqui a playlist oficial, desça a primeira serra e pegue uma onda nesses sons:

Tenha uma boa vida!

 

Newsletter Troca o Disco
Receba novidades com antecedência em seu e-mail
Seu e-mail não será compartilhado.